segunda-feira, 11 de abril de 2011

Toxoplasmose: O perigo mora ao lado, ou melhor, mora no quintal, no jardim, embaixo da cama...

Hoje saiu uma reportagem muito interessante para grávidas e mamães no programa Bem Estar.
É sobre a toxoplasmose. Fala das formas de contágio, dos sintomas e da profilaxia. Para as gestantes que nunca tiveram a doença {vai acusar no exame de sangue}{a esposa aqui em casa nunca teve} é fundamental evitar contato com gatos, mesmo se o contato for eventual {e principalmente se não for seu animal de estimação}. O risco é muito grande de se contrair a toxoplasmose. Nossa GO recomendou que Meiryele evitasse até mesmo ingerir verduras cruas, principalmente se for em restaurantes, pois é impossível garantir a boa procedência. Evitamos também  a ingestão de qualquer tipo de carne crua ou mal passada e o manuseio de terra, como em jardins. 
Não podemos facilitar. 

Segue aí a reportagem com Dr. Caio Rosenthal sobre o assunto. 


Segundo Dr. Caio Rosenthal, o tratamento para a toxoplasmose de mulheres grávidas e das demais pessoas é diferenciado.
Os sintomas só aparecem na fase aguda da doença, que dura cerca de seis meses e não diminui quando desaparecem os sinais, mas apenas quando revela o exame de sangue. Nesse período, a mulher não pode engravidar.
Entre as sequelas graves que a toxoplasmose pode causar ao feto, estão microcalcificações cerebrais e problemas oculares como microftalmia (olhos pequenos). Se a gestante adquirir a doença tardiamente e fizer o tratamento, a criança pode nascer sem consequências sérias.
Dr. Rosenthal destacou que, após seis meses, a doença passa de aguda para crônica. Se a pessoa teve o problema aos 15 anos, quando tiver 60 o exame ainda vai acusá-lo, pois fica uma marca sorológica no organismo.
Em pacientes de câncer, aids ou outro tipo de deficiência imunológica, a toxoplasmose pode se exacerbar em forma de meningite, pneumonia e até cegueira. O médico afirmou que mordidas, arranhões, beijos, sangue e saliva de gatos não transmitem a doença. E somente o contato eminente com as fezes transmite a doença.
De acordo com Rosenthal, não é tão difícil engolir as fezes dos animais, pois, ao pegá-los no colo após terem feito cocô, pode-se levar inadvertidamente a mão à boca, e não é possível ter consciência disso, pois o nível das partículas é microscópico.
O médico ressaltou também que toxoplasmose não se pega de pessoa para pessoa e que não há riscos se o gato for criado em apartamento, só comer ração e não tiver contato com outros animais. Já os felinos que andam nas ruas, gostam de passear, caçar e consumir restos de alimentos podem contrair a doença, assim como os que frequentam parques públicos e areias.
Por fim, Dr. Rosenthal explicou que o gado, porcos e carneiros adquirem toxoplasmose pelo pasto onde gatos contaminados passaram. O parasita fica nos músculos desses animais, e o homem entra em contato com ele por ingestão, principalmente de carne mal passada.
Fiquem atentas gestantes e mamães, o melhor remédio é prevenir para evitar o contágio. 
Abraços e boa semana a todos!


11 comentários:

Pris Gger disse...

Marcelo, a Mey já fez o exame de toxo?? Só existe o risco se ela não tiver imune à doença. Eu não estava e fiquei a gravidez toda me cuidando para não pegá-la. Graças a Deus, nada aconteceu. Mas realmente, tem que se ter muito cuidado mesmo com essa doença. Abçs

Marcelo Vieira disse...

Ela fez sim e infelizmente não tá imune. Aí já viu né, tem que precaver mesmo. Por isso pesquisei sobre o assunto e postei no blog. Obrigado pela visita! Abraços!

Anjinho disse...

Excelente matéria amigo.
Qnt a moto q falei q ia comprar, vou comprá-la, mas ñ vou vender o carro, entendeu?
Daí mesmo qnd o baby cehgar q só Deus sabe qnd, o carro vai tá conosco, espero q já estejamos com o nosso zero em nome de Jesus.
abação.

Paulinha disse...

Oi Marcelo e Meiryrele! Eu tenho gatos, e por esse motivo assim que decidimos tentar engravidar, fiz o exame de toxo, eu achava que já era imune, mas não sou.. por isso terei que fazer várias vezes até engravidar e durante a gravidez tb.. É preciso ter cuidado mesmo, principalmente com animais que vc não conhece!
bjnhus

menina limão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
menina limão disse...

Oi querido, passei para desejar uma boa semana.
Adorei seu blog, estou seguindo vc e gostaria também de convida-lo a ir conferir o meu blog e os meus vídeos, toda semana irei postar um novo vídeos da menina limão, que é minha personagem cômica!
Obrigada,
fica com Deus,
beijos

Menina dos Olhos de Deus disse...

Oie... Obrigada pela visitinha! Excelente matéria.
Gostei muito do blog. já estou seguindo e estarei sempre por aqui
abraços
Rafaela

Luly disse...

OI!
passando aki pela primera vez,
amei o blog de vcs, e mto legal ler a maternidade
sendo relatada pelos pais,
para sua esposa è 10! pois ela sabe q vc esta curtindo a gravidez tanto quanto ela,
isso e bençao!
abraço pra familia!
com quantas semanas esta sua esposa?
por aki, estamos com 25 semaninhas.
vou continuar acompanhando seu blog.

Marcelo Vieira disse...

Estamos com 14 semanas... o blog é justamente para isso. Tentar mostrar um outro ponto de vista da maternidade. Somos pais de primeira viagem e buscamos compartilhar as vivências deste momento!
Obrigado pela visita!
Vou retribuir ok??!

Abraços...

J. Troitino Gava disse...

Olá Marcelo...

Vim retribuir sua visita e responder a sua dúvida quanto a constatação da artéria umbilidal única... bom antes de tudo gostaria de registrar que você foi o primeiro papai que publicou algo em meu blog... achei o máximo sua iniciativa em expor o ponto de vista masculino da maternidade... meu marido não escreve, mas adora revisar meus textos e participa ativamente na criação dos posts... bom, agora vamos ao assunto da sua dúvida... tenho feito US praticamente todo mês e como disse no post só identificamos que o cordão umbilical tinha apenas uma artéria na 18 semana, esse diagnóstico poderia ter sido precoce mas foi confirmado na US de 22 semanas já que ela era a morfológica... esperei mais um mês para fazer o ecocardiograma e assim respirar alivida... sei que ainda existe alguma possibilidade de aparecer algum probleminha de rins mas minha maior preocupação era com o coração, até porque, ma morfológica constatou-se que os rins são bilaterais e possuem dimensões e ecotextura normal.

Não sei se vc teve tempo de entender minha história mas são 8 anos de espera e uma gestação na segunda transferência de embriões após uma FIV, idade 39 anos... como pode ver já era esperado uma gestação com mais cuidados e supresas... mas Deus é perfeito e está mostrando isso a cada dia de minha vida!!!

Parabéns pela sua iniciativa... que Deus abenõe abundantemente sua família... Beijos no coração!!!

Janaina (Mamysdream)

Déia Moura disse...

que legal!! um papai na blogosfera!! Que venha com mtaa saúde seu baby!!
abraço!!

http://deinhamoura.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...