domingo, 24 de abril de 2011

16ª Semana: 40% da gestação


Amanhã completamos 16 semanas de gravidez e incríveis 40% do período gravídico já se passaram. A esposa não teve aquela fase crítica de enjôos e mal estar muito comum no início da gestação. O 1º trimestre foi embora na mais absoluta tranquilidade. E entramos no 2º tri no afã da descoberta do sexo e dos planos futuros da maternidade. 

Logo abaixo segue uma descrição detalhada sobre a 16ª semana, adaptada de um site especializado. Vejam só:

Engraçado como todos que nunca estiveram grávidos pensam que todas as mudanças pelas quais você está passando estão localizadas apenas em seu útero. Ninguém menciona o nariz entupido, a coceira na pele, a dor ciática ou os surtos de emoção. Mas basta lembrar, apesar de toda a transformação que seu corpo enfrenta, que haverá uma grande recompensa para os papais, em apenas alguns meses.

Seu corpo
Não, você não tem superpoderes, embora vá se sentir como se tivesse. Agora, você consegue sentir o cheiro da pizza, dos alimentos queimados ou de um sanduíche a quilômetros de distância. Seu aumento da sensação de odor não é o único novo truque que seu nariz fará. Você percebe, provavelmente, congestão nasal, e talvez até mesmo algumas hemorragias nasais.

Embora a congestão nasal relacionada à gestação seja chata, não deve causar nenhum problema e desaparece depois de o bebê nascer. Como dito anteriormente, seu volume sanguíneo está aumentando, e isso afeta os níveis estrogênicos, que por sua vez, incham a mucosa nasal. Esse volume aumentado faz com que o coração bata mais forte e rapidamente para manter a oxigenação fetal. Mas não é um problema de coração. Se você está enfrentando uma série de hemorragias nasais, pode ser uma indicação de pressão arterial elevada. Então, é aconselhável entrar em contato com seu médico.

É evidente que o seu olfato está no piloto automático, então tente evitar passar por perto de churrascarias e lanchonetes; enfim, evite alimentos de difícil digestão, ricos em gordura, frituras ou pouco nutritivos.

Seus seios podem ainda estar sensíveis, especialmente os mamilos, e eles continuam a crescer, crescer e crescer. Apertando-os um pouco, pode até sair um pouco de colostro (ricos nutrientes e anticorpos), isso, é claro, se conseguir tocar os mamilos sem sentir muita dor.

Seus ligamentos continuam a relaxar, e você talvez sinta uma certa dor no baixo-ventre. Se está planejando fazer amniocentese, ela deve ser marcada entre 16 a 18 semanas, sendo esta a semana mais indicada. Além de fornecer uma série de informações aos médicos sobre a saúde do bebê, a amniocentese é mais de 99% precisa ao determinar qual o sexo do bebê. Nesse período da gestação, seu médico pode pedir um teste de alfa-fetoproteína; a medição de tais valores no sangue de uma grávida constitui um teste de detecção preventiva, porque um valor elevado indica uma maior probabilidade de espinha bífida, de anencefalia ou outras anomalias. Por outro lado, valores elevados podem indicar que a duração da gravidez foi mal calculada quando se colheu o sangue, que existe mais de um feto, que há probabilidade de um aborto ou de uma ameaça.

Conforme o seu bebê cresce e desenvolve-se, ocorre o mesmo com o útero e a placenta. Há 6 semanas, seu útero pesava 140 gramas; agora tem 250. A quantidade de líquido amniótico em volta do bebê também aumenta. Há, no momento, em torno de 250 ml de líquido. O útero pode ser sentido a 7,6 cm abaixo do seu umbigo.

Seu bebê
Sabe aquela câmera digital? Seria muito útil agora se pudesse tirar foto dentro do seu útero, o seu bebê está praticando todos os tipos de expressões faciais, tais como sorriso, bocejo e caretas (já está treinando para quando você tentar alimentá-lo com aquele purê de espinafre).

Confira o que mais está acontecendo:
A pele do seu bebê ainda é translúcida e enrugadinha, mas em breve irá acumular mais gordura abaixo da derme (camada profunda da pele, onde começa a irrigação sanguínea e a terminação nervosa). Se você pudesse ver no seu interior nesse momento, conseguiria ver todas as veias sob a pele do bebê. E falando nisso, o coração do seu bebê bombeia cerca de 24 litros de sangue por dia. Além disso, os olhos dele estão em seu destino final, na frente e não para os lados;

As unhas estão bem formadas e pernas estão mais longas que os braços;

Dependendo de sua sensibilidade, já é possível começar a sentir os movimentos do bebê {aqui em casa já sentimos a primeira futucada};

A medida de seu bebê esta semana, da cabeça ao bumbum, deve variar entre 108 e 125 mm. Ele deve pesar 85 g aproximadamente; 

O cordão umbilical está agora firmemente preso à barriga do seu bebê, assim, fornecendo os nutrientes necessários;

Se durante esta semana você fizer o exame de ultra-som a possibilidade de saber o sexo do seu bebê será maior do que nas semanas anteriores, portanto, se você está morrendo de curiosidade para saber se em breve terá em sua casa um meninão ou uma menininha, vá correndo fazer uma ultra! Uma boa dica é comer um chocolate uns 30 minutos antes, assim o seu bebê ficará expertão e querendo se mostrar;

Uma outra novidade que sem dúvida deixará você ainda mais feliz é que o seu bebê já está mais receptivo aos estímulos externos. Isso significa que você já pode conversar com o seu bebê e inclusive colocar músicas para ele ouvir. Você deve estar pensando: por que colocar música para o bebê ouvir? Isso pode trazer benefícios? Sim. Não só a música pode trazer benefícios, e sim qualquer coisa que faça com que você sinta prazer ou relaxamento. Além disso, estudos indicam que as gestantes que ouvem música pelo menos 30 minutos todos os dias, podem apresentar menos sintomas de estresse e depressão.

Abacate: Considerada uma rica fonte de fosfato, vitamina A e potássio, tem mais proteína que qualquer outra fruta: cerca de 2 g para cada porção de 110 g. Possui, ainda, ferro, magnésio e vitaminas C, E, B6. Seu único inconveniente é o alto teor calórico - 110g contêm cerca de 200 calorias. Também é bom saber que traz efeitos benéficos ao couro cabeludo e à pele. É suavemente laxativo.
Abacaxi: É rico em diversos nutrientes. Trata-se de um ótimo alimento para o verão, pois é composto por 86% de água, ajudando na hidratação do organismo, essencial nessa época do ano. Além disso, possui vitamina A, boa à pele e aos olhos; e ainda vitamina C, favorecendo boa dentição e facilitando  a circulação sanguínea.

O que evitar comer: 
Frituras: evite mais de uma vez por semana.
Gordura hidrogenada, a chamada gordura TRANS, a mais prejudicial à saúde do seu coração. Ela está contida na maioria dos produtos industrializados, como bolo, biscoito, margarina e doce comercializado. 
Açúcar branco; quando tiver vontade de comer doce, prefira frutas ou gelatina diet.

É bom saber...
Colostro é uma forma de leite, de baixo volume, secretado nos primeiros dias de amamentação pós-parto. No entanto, tem maior valor nutritivo que o próprio leite e transmite ao bebê anticorpos maternos, protegendo-o contra algumas doenças. É composto de vários fatores para o desenvolvimento e à proteção - como água, leucócitos, proteínas, carboidratos e outros . O colostro vai se transformando, gradativamente, em leite maduro nos primeiros 15  dias pós-parto.

Cuidado com os seios!
Com os seios sensíveis e doloridos, às vezes até com amortecimento da aréola e com veias proeminentes, o uso de sutiãs confortáveis e firmes é indicado. Não é necessário preparar os mamilos para a amamentação, como se imagina. Quando o bebê nascer, você receberá orientações de como amamentá-lo. Preocupe-se em obter informações sobre o posicionamento e a importância de se amamentar. A dor causada no ato da amamentação, que algumas mães comentam, está, na maioria das vezes, relacionada a maneira errada como a boca do bebê posiciona-se no seio da mãe.

Boa noite a todos e ótima semana!
Fonte: www.saude.fok.com.br

8 comentários:

Caroline Pozzatti disse...

Eu fiz minha primeira ultra e descobri o sexo do meu bebe com 15 semanas e 6 dias. Voces ja tem ultra marcada?
Abraçø!

Marcelo Vieira disse...

Já sim, pra 3ª feira, depois de amanhã. Estamos muito ansiosos. Abraços!

Roteiro Baby disse...

Que blog bacana!
Tô seguindo!

www.roteirobaby.com.br

Débora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Débora disse...

Obaaaaa!!! Está chegando o grande dia! É amanhã e eu já estou ansiosa para saber o sexo do bebê.
Nossa Marcelo, que bom sua esposa não ter sentido enjôos, eu tive tudo junto, dores em tudo quanto é lugar, muita azia, muitoooooo enjôo, nariz super entupido, muito sono... TUDO.
Bom, vou ficar aqui na torcida pro bebê colaborar amanhã na hora da ultra, e estarei aqui sem falta, hehe... que delícia!
Beijos e boa sorte!

Talita disse...

Que delícia!! Essa fase é muito gostosa! Quando souber o sexo do baby venha aqui nos contar!!
Bjs.

Talita disse...

Ah, eu faço 16 semanas amanhã *-* e ainda não sei o sexo do filhote também (ele escondeu 3 vezes).
Vou seguir o blog!
Beijossss

Talita disse...

Ai, tenho muita coisa pra falar, vai ficar um texto gigante rs

Aqui é o papai que escreve todos os posts? Vou ler desde o início, fiquei encantada! Acho esse registro da gravidez muito importante e algo gostoso de ler no futuro (mamãe fez o meu).

Quanto a cerclagem, é assim: eu ainda não preciso fazer, mas tive uma perda com 21 semanas em 2009, sem sentir dor alguma, dilatação total, e isso caracteriza incompetência istmo-cervical. Nessa gestação agora eu tenho que fazer muita ultra pra acompanhar a medida do colo uterino (ele não pode ser menor de 2 cm e nem abrir).
Eu evito falar disso no blog com maiores informações pq gestante já fica com um monte de medo e geralmente fica mais tranquila quando passa das 12 semanas, não gostaria que ninguém ficasse com mais esse até o terceiro trimestre...

Agora vou me divertir nos outros posts daqui!

Beijos!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...